segunda-feira, 24 de janeiro de 2011

Black Swan

Eu ando um pouco atrasada com relação a alguns assuntos. Ja faz algum tempo, que eu pelejo com essa postagem, e o motivo é que as vezes eu não sei se escrevo tudo o que vocês estão cansadas (os) de saber, ou se eu crio alguma coisa nova. MAIS ESSE É O PROBLEMA. Gosto muito de escrever, mas falta criatividade e um amplo vocabulário. Para fazermos uma boa crítica, somente assistir o filme não basta. Precisamos ler bastante a respeito para poder argumentar e opinar. Tantos assuntos, tantos textos, tantas opiniões. Confesso que ja li muita coisa sobre ''Black Swan''. Porém só serviu pra deixar a minha cabeça mais embaralhada. Vou tentar deixar o post com a minha cara. É o melhor que posso fazer e ainda por cima fica original. Ou quase...

Antes de tudo gostaria que soubessem que o filme é digno de ser visto no cinema. Ele ja foi lançado em Nova York. Mais aqui no Brasil nada. Então como eu achei online eu não resisti. Deixei o link la no fim do post. Quando lançar pretendo assistir novamente. 




Pra quem não conhece, ''Black swan'' ou Cisne Negro se trata disto:

Nina (Natalie Portman) é uma bailarina novaiorquina de 28 anos (não tenho certeza) que mora com a mãe - bailarina aposentada - e vive sob pressão da mesma. Faz seus estudos na companhia de ballet de Nova York onde naquele ano o espetaculo dançado seria ''O Lago dos Cisnes''. Sonho de toda e qualquer bailarina. A companhia ja tem a bailarina que representará odile/odette (Beth), ou seja, o papel principal, os problemas começam a surgir quando essa bailarina está velha demais e incapacitada para tais papeis. Enfim, essa bailarina se aposenta, e Nina passa ser a melhor opção para a peça.

Para entender melhor voce precisa conhecer ou pelo menos ter uma idéia desse ballet de repertório, vou tentar resumir:

O lago dos cisnes, se trata de um ballet dramático em quatro atos composto por Tchaikovsky. 

Atos resumidos, fiz o melhor que pude:
O principe Siegfried precisa escolher sua esposa. No fim de seu aniversário ele ve em um lago alguns cisnes brancos, e encantado pela beleza, decide caçar as aves. O que ele não sabe é que no meio daquelas aves existe uma princesa e suas donzelas sob o feitiço do Mago Rothbart. Todas as noites elas voltam a forma humana, e o feitiço só pode ser quebrado por alguem que realmente ame a princesa, e somente ela. Quando ele descobre isso, ele faz um juramento a Odette (a princesa) de que ele mesmo quebrara o feitiço. Na corte da rainha, aparece um nobre cavalheiro e sua filha. O principe julga reconhecer que a filha do nobre cavalheiro Odile é a sua amada Odette, mas na verdade por tras das figuras do nobre e sua filha, escondem-se o tal mago e a feiticeira Odile. A dança com o cisne negro decide a sorte do principe e da sua amada Odette: enfeitiçado por Odile, Siegfried proclama que escolheu Odile como sua bela futura esposa, quebrando assim o juramento feito a Odette. Os cisnes brancos tentam em vão consolar sua princesa. Mais Odette destroçada pela decisão do príncipe, aceita a sua má sorte. Nesse momento surge o principe que explica a donzela como o mago Rothbart e a feiticeira Odile o enganaram. Odette perdoa o príncipe e os dois renovam os votos de amor um pelo outro. O mago impotente contra esse amor, decide se vingar dos dois e então inunda as margens do lago, Odette e as suas donzelas logo se transformam em cisnes novamente e o príncipe tomado pelo desespero se afoga nas profundas e turbulentas águas do lago dos cisnes. O principe não sobrevive. É a morte de amor.
Vale ressaltar que em algumas versões quem morre é Odile.

(Texto retirado daqui. Modificado e resumido por mim). 

Continuando...
Ambos os papeis dos cisnes, tanto o branco quanto o negro, precisam ser dançados pela mesma bailarina, e Nina sofre com isso, já que ela tem toda a capacidade somente para a leveza do cisne branco. Porém falta a sensualidade do cisne negro. E embora, ela seja a bailarina mais esforçada da companhia - como diz sua mãe - falta incorporar o tal cisne negro, e se deixar levar - como diz o diretor do corpo de dança Thomas Leroy. A trama fica em torno disso. E é nessa hora que entra outra bailarina em cena. A Lily (Mila Kunis), essa sim possui sensualidade. E ela passa a ser mais uma opção para o papel. Surge então uma aparentemente ''doce'' competição, que por tras envolve até disturbios de personalidade. Isso faz com que ambas se conheçam melhor. Se voce ainda não assistiu ao filme, pule os textos abaixo. Pode perder a graça.


1- Nina retirando das costas, onde existem mais dessas, o que pra mim é uma pena negra, ou seja, nesse momento o cisne negro estava quase aflorando. Para mim, nota 10 como intérprete.


2- Cena que ocorre no final do filme e vemos claramente através dos olhos de Nina, que ela chegou a seu pronto máximo. CONSEGUIU INCORPORAR O TAL CISNE NEGRO.
 

3- A cena em que Nina se olha no espelho, pra quem não notou, pelo menos pra mim mostra bem o disturbio de personalidade que ela sofre. Não pelas feições em seu rosto, o rosto não evidencia nada. Na verdade é o espelho mesmo, ou seja, vários refléxos.


4- Enquanto eu fazia minhas pesquisas eu li em um comentário de algum site, alguém dizendo que a cena no qual ela encorpora o lado negro é digno de Oscar. Não há como discordar. Cena dignissima de Oscar.


Essa foto foi uma de minhas favoritas. Pra quem não sabe eu admiro muito essa posição, o tal arabesque penché. E toda vez que eu vejo alguma foto ou vídeo com ele eu fico admirando, e confesso que nunca vi ninguém executar dessa maneira. ADOREI.

Um pouco de ''backstage'' pra voces:

E mais backstage:


Trailer legendado:


Todas as fotos do post que estão neste Link. Eu retirei daí.
Fotos do Backstage: aqui
MONTAGENS FEITAS POR MIM.

P.s.: Assisti o filme online nesse link aqui. Se não me engano, depois de 72 min de filme ele trava. Aguarde 30 min e volte a assistir. ''Good movie''. Não se esqueça de voltar pra deixar a sua opinião.

8 comentários:

Mia Assumpção disse...

Oi..
Nossa gostei de saber que você gosta do nome Mia..rsr.
Amei a postagem e as fotos também..
Estou tentando assistir..pedi para um amigo meu baixar pra mim..rsrs!!
Bem, é isso..
Um grande beijo..
Mia..rs!!

*May Lopes disse...

Eu to quase virando doutora em black swan.
Já lí tudo em todas as comunidades e blogs.Já até comprei meu ingresso pra estréia e agora...é só aguardar!
Mas sua postagem é uma das melhores sobre black swan viu?
Beeijos!

Morena disse...

Estou morrendo aqui de vontade de ver!!! To te seguindo! Su fanática por ballet!!!

bjs,

Morena
http://todamocinha.blogspot.com

Diih_Franco disse...

Eu amei sua postagem. Eu to aqui louca para ver o filme assim como tb vou ver no cinema. *-*

Vou ter que arrastar alguma amiga minha para ver junto comigo ashasuhuas.

Amei as fotos *-*

bjos bjos - indo assistir o filme-

Diih_Franco disse...

Oi to passando aqui para responder seu comentário que fez no meu blog *-*. Eu já assisti rede social, mas não foi mto na cara do filme pq eu não gostei, quer dizer o filme em si não a história, mas a história é super interessante. Mas o filme foi tão de vagar que quase apaguei no meio do filme por conta de tedio. uashahu

Pois é cada com seu gosto sauashu

bjos bjos

Flowers and Bubbles disse...

Oiie, essa foi umas das postagens mais completas q eu li sobre black swan! To louca pra ver! Olha to esperando as tuas fotos para o ´´Leitora Estilosa`` lá do blog, tá?
O ´´novo`` blog vai ser inaugurado dia 29 ás 00:00, e ainda vai ter a primeira leitora estilosa do blog, te espero lá!
Bjss:*

Stella Assunção disse...

Nossa,pareçe ser muito legal,eu até assitiria o filme no PC mas,ele mau aguenta abrir duas páginas!!
Bom...estou ti seguindo,amei seu blog!!!
Bjokas!

tortadebeterraba.blogspot.com

Rafael Queres disse...

Caros, boa tarde. Peço licença para comunicar algo que pode ser interessante aqui no blog. Trata-se de Calígula, do Balé da Ópera de Paris, que será exibido no dia 8 de Fevereiro (às 20:30h), nos cinemas do Brasil. É a primeira coreografia de Nicolas Le Riche da Étoile Dancer.
___
Construída como uma tragédia, a coreografia acompanha a inexorável progressão deste herói solitário a caminho da morte. Acompanhado por “As Quatro Estações”, de Vivaldi, que ilustra a irremediável passagem do tempo, a dança, em toda sua profundidade e energia, traduz a poesia e a violência inerente numa vida consumada pelo excesso numa velocidade impressionante.

Caso queiram entrar em contato comigo, estou à disposição.

Abraços,
Rafael Queres - LiveMOBZ
http://www.mobz.com.br