segunda-feira, 10 de janeiro de 2011

Devo tudo a Polina


Sim, eu devo tudo a ela. Foi Polina quem me motivou, quem me fez subir um degrau, quem me mostrou que o ballet sempre esteve em meu coração, quem me fez conhecer o que realmente é dançar, quem me ajudou a tomar uma iniciativa que era somente minha e principalmente quem me trouxe de volta a um mundo chamado sonhos e esperança.
Obrigada Polina.

Bem, deixe-me explicar. Desde os meus 13 anos eu tenho vontade de voltar a fazer ballet. Porém, algumas coisas me impediram, como: Falta de tempo e de alguém pra me levar até a escola. Outra coisa que eu venho escutando desde quando eu disse que ia fazer ballet é: pra fazer ballet tem que começar cedo, vai fazer alguma coisa que da futuro, você tem 15 anos ballet é pra criança etc etc etc. Só que de uma coisa eu tenho certeza: ISSO NUNCA ME AFETOU NAS MINHAS DECISÕES. E hoje eu tive que ouvir isso tudo de novo, e a única coisa que eu disse foi: NADA DO QUE VOCES DISSEREM, VAI MUDAR A MINHA DECISÃO. E La fui eu, com um vestido comportado branco de bolinhas pretas, o cabelo com um rabo de cavalo baixo e no pé uma melissa toda delicada. Fui até a escola de dança pra fazer minha matricula. Meus avós que são uma benção na minha vida, apesar de não concordarem muito com isso, me levaram e disseram que vão pagar. As aulas começam dia 31 e vou fazer de segunda e quarta. Imaginem quanta ansiosidade. Esse mês não fico parada de jeito nenhum. Vou treinar em casa em quanto isso hahaha. #bailarinadedicada. SIM, já me considero uma bailarina. Logo eu serei mesmo.

Vou fazer aulas no Dânia Amaral, que é a escola mais próxima da minha casa. Quando estava conversando com a moça da recepção pelo que eu pude entender eu vou ter um PROFESSOR, e não uma professora. Eu não me importo. Deve ser uma experiência ótima ter um professor. E quando eu fui perguntar o que usaria no primeiro dia (já até queria adquirir o uniforme kkk)

Ela me disse: a pode vir com uma legging,
Eu: não não, eu tenho a roupa
Ela: a você tem collant?
Eu: sim, e tenho meia e sapatilha também.
Ela: ótimo então pode vir.

É bobeira de minha parte, mas só de poder mostrar a minha vontade pela dança eu já fico feliz. Acho que vou comprar uma meia branca e uma sapatilha branca. O Rosa da minha meia é meio que rosa demais hehehe. Vou me esforçar muito esse mês, pra chegar cheia de pique. E pretendo fazer uma dietinha básica pra perder os quilinhos a mais que eu ganhei nas férias. Já até imagino em um futuro próximo, uma barra de ballet com um espelho bem grande no meu quarto. A gente tem que abraçar o sonho não é? E pretendo voltar pra academia também. Não sei o que vou fazer com os gastos mais vou me virar!!! Ah já estou sentindo dores no corpo. Agora chega de falar de mim, e vamos falar um pouco sobre quem é Polina Semionova.



Polina Semionova nasceu em Moscou – Rússia em 1984. Ela é considerada como uma Prima Ballerina e é uma das mais jovens bailarinas a atingir este tipo particular de reconhecimento. Estudou na escola de ballet bolshoi e ganhou prêmios em competições de ballet superior, incluindo uma medalha de ouro no festival internacional de ballet de Moscou em 2001. Graduando-se em 2002, Semionova se juntou ao Ballet Staatsoper de Berlim como a principal, a convite de Vladimir Malakhov
Ela visitou o Japão com o parceito Malakhov ele lhe deu os papéis principais em O Quebra-Nozes e La Bayadère , durante sua primeira temporada, seguindo com o papel de Tatiana em Onegin, que se tornou seu papel favorito. Em 2003, com 19 anos de idade, Polina realizou com o ballet Nacional ingles, o Lago dos cisnes e recebeu opinioes de criticos ingleses que a aprovaram. No ano seguinte ingressou no Ballet Califórnia na sua produção de A Bela Adormecida, mais uma vez impressionando críticos.

Aparecendo dançando Herbert Grönemeyer - Demo (Letzter Tag), que foi posteriormente enviado para o site de vídeos mais popular ‘o YouTube’ , trouxe aos olhos do público a magia que contém em sua dança, sua técnica, sua paixão, e principalmente como ela traduz emoções quando dança!

Parceiros de dança:
Roberto Bolle , La Scala di Milano.
Vladimir Malakhov , Staatsoper de Berlim, American Ballet Theatre , Vienna State Opera , Stuttgart Ballet , Ballet Nacional do Canadá.  
José Manuel Carreno , American Ballet Theatre
Evan McKie , Ballet Stuttgart
Mathieu Ganio , Ballet Ópera de Paris
Igor Zelensky , Ballet Maryinsky.  
Jiri Jelinek, Ballet Nacional do Canadá.

Origem: Wikipédia.
Tradução: Eu e em algumas partes o Google kkk.




 
Bem, é isso. Post um pouquinho grande pra compensar o tempo que não apareço. E mais uma vez obrigada Polina, sua dança me fez voltar a sonhar! E pra fechar com chave de ouro, 2 videos que eu AMEI.



P.s.: Me aguardem que logo tem mais...

6 comentários:

*May Lopes disse...

Eu amo ela também pelo seguinte motivo:Ela tem os pés no chão.Uma vez assistí uma entrevista dela e amei a forma dela pensar e não se deixar ensoberbecer1!
Beeijos!

Juliane Lopes Oliveira disse...

Oi flor, fico encantada quando ela dança.
Perfeita!
Obrigada pela visita la no blog viu??
Beijos no coração..
Juju



http://bugigangasdaju.blogspot.com/

a bailarina disse...

oi, eu passei aqui para agradecer por visitar o meu blog, e eu adorei o seu post, sabe eu também adoro a Polina, e acredite um professor as vezes é até melhor que professora, eu tenho um professor de ballet e ele é otimo
boa sorte nas aulas
bjs e até

Mia Assumpção disse...

OLÁ GABRIELLE COMO VAI??
GOSTARIA ANTES DE TUDO DIZER QUE FIQUEI MUITO FELIZ QUE VOCÊ GOSTOU DO BLOG, ESPERO QUE VOCÊ SE SINTA EM CASA..RS!!
AMEI SEU BLOG TAMBÉM..
ESPERO QUE VOCÊ CONTINUE PERSISTINDO NESTE TEU BELO SONHO E QUE OS OBSTÁCULOS JAMAIS TE FAÇAM PARAR, MAS QUE NELES VOCÊ ENCONTRE MAIS FORÇA PARA CONTINUAR!!!
ESOTU TE SEGUINDO TAMBÉM ..
BEIJO GRANDE..
MARAVILHOSO DIA PRA TI..
MIA.

Juliane Lopes Oliveira disse...

Oi flor,
tem selinho pra vc lá no blog
Pega lá!
Beijos..
Juju


http://bugigangasdaju.blogspot.com/

Karina Assunção disse...

Gabi, vc tem vontade, amor e pelo jeito terá muita dedicação, vc será (quase) perfeita, a perfeição eu não posso dizer, não porque não acho que vc não tem qualidades suficientes para isso, mas as perfeitas tem um je ne sais quois, que depois de um tempo de treino vc vê que ela nasceu para aquilo!
Espero que este seja o seu dom, e que vc tenha esse jê ne sais quois, pq vc está lutando pelo o que quer, e não interessa a idade, na minha sala, tinha uma mulher de 42 anos que fazia ballet comigo, e ela era muito boa, e a sogra da minha prof de ballet?
Ela sabe nome e execução dos passos até hoje, acho que ela tem 5º e poucos anos, e parou com 13 anos o ballet, pode ter certeza que vc vai amar, vai ficar vendo vários vídeos no youtube, vai se entregar e se apaixonar(mais do que vc já é) totalmente!

E a Polina, é uma grande inspiração, foi dela um dos 1ºs vídeos que vi de ballet(esse do Hebert Grönemeyer – Demo (Letzter Tag), eu assisti ao som de Aleluia de Handel do Diante do Trono e amei!!
Vejo até hoje para me inspirar, mas lembre-se, ela é motivação, o amor e luta, é sua!
Vc deve a vc mesma, pela sua vontade e dedicação!!!
Espero que seja ótima sua aula, depois conte-nos como foi!!
B-jim(eu “falo”{escrevo} de mais)